Boa Arbitragem, Má Arbitragem

João Fragata

A Comissão de arbitragem baixou a nota de Pedro Proença dada pelo Observador do jogo da 2ª jornada que opôs o Sporting ao FC Porto. Esta redução da nota vem após a Comissão ter dado razão à queixa dos Leões em relação á nota dada (a melhor da época).

simbololpfp.jpg

Numa altura em que não existe jogo que não hajam críticas aos árbitros, em que se fala da profissionalização dos mesmos, em que se fazem debates para saber se é viável a inclusão de tecnologia nos jogos, vem uma notícia que pode ser o início de uma revolução.

No jogo da 2ª jornada, a 26 de Agosto, Sporting e FC Porto encontraram-se num jogo onde os dragões venceram os leoninos por 1-0. Contudo, muitas queixas foram feitas ao árbitro Pedro Proença. Na altura o observador do jogo decidiu premiar o árbitro de Lisboa com a nota de 3.7, tendo assim a melhor nota do campeonato.

Contudo o SCP não achou bem e enviou para a Comissão de Arbitragem uma queixa onde reclamava o lance polémico do corte\atraso de Polga que Stojkovic agarrou e deu origem ao livro do golo portista, reclamava ainda um cartão vermelho para Quaresma num lance com Miguel Veloso aos 33’, onde o jogador só recebeu o amarelo e ainda o cartão amarelo não dado a Pedro Emanuel num lance com Derlei aos 42 minutos.

Meses passados, a Comissão decidiu. O Sporting não tinha razão no lance de Stojkovic, alegando que o árbitro tinha plenos poderes para considerar um passe e não um corte, mas que tinha razão nos outros dois lances e que Quaresma devia ter visto o vermelho e Pedro Emanuel o amarelo. Resultado? A descida da pontuação de Pedro Proença para 2.7, menos um ponto que o original, e passando da melhor nota do campeonato para uma das piores. Este caso não foi o único tendo acontecido na mesma altura a descida da pontuação de Pedro Henriques no jogo Benfica-Sporting de 29 de Setembro, que baixou de 3.4 para 2.1, ou seja, uma nota negativa.

Árbitros não perdoam

Depois destas decisões polémicas, aqueceram as coisas no mundo dos árbitros. Pedro Proença disse já que contestou a medida aplicada à Comissão de Arbitragem, pedindo recurso da decisão e dizendo que não se alonga muito mais até a saída da nova decisão.

Contudo, assume que “terei todo o gosto de comentar este processo depois de existir uma decisão final e se não me for dada razão então terei muita coisa para dizer. Irei levar este assunto até às últimas consequências pois isto vai contra todas as regras da UEFA e da FIFA” e desabafa que seria mau se a sua classificação no fosse reposta.

Já Olegário Benquerença, árbitro leiriense colega dos dois visados, assume a posição dos árbitros, reclamando uma uniformidade de critérios nos jogos. Isto porque, segundo o árbitro, nem todos os jogos têm a mesma cobertura,pois os jogos mais mediáticos têm uma observação completamente contrária aos jogos menos importantes.

Fontes: Infordesporto, MaisFutebol, Jogo Online

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: